A história de uma foto

Por Pedro Fernandes

José Saramago por Helena Gonçalves. Fonte: Site da Fundação José Saramago

Ao compor o vídeo para divulgação do Caderno-revista 7faces - edição especial sobre a poesia de José Saramago fiz uma pesquisa significativa dentre os arquivos de imagem que disponho no meu computador. Não pestanejei em usar uma foto do escritor feita pela fotógrafa Helena Gonçalves. A foto foi inédita até setembro de 2010, quando apareceu numa exposição organizada pela neta do escritor, Ana Saramago Matos e logo foi publicada na página da Fundação José Saramago.

Agora, dou com um texto publicado no Diário de Notícias acerca da imagem.  A exposição inaugurada tomando como escopo o fatídico dia 11 de setembro traz várias personalidades colocadas em situações um tanto quanto claustrofóbicas. Na imagem de José Saramago, por exemplo, vê-se o escritor em trajes de homem-bomba armado com livros. "Fiz esta foto em 2007, ele [José Saramago] estava em boa forma, subimos até ao sótão do teatro da Trindade, em Lisboa, e quando lhe atei os livros à cintura ele riu-se e disse: 'Você não é nada parva.'", conta Helena Gonçalves quando da inauguração da exposição em Almada. A imagem foi incorporada à Galeria José Saramago, ser esta todas as faces - aqui.

Comentários

Parabéns é quando se trata de Saramago é bom que não se perca a memória...por isso, um abraço.

Carmen Silvia Presotto

Postagens mais visitadas deste blog

Desta terra nada vai sobrar, a não ser o vento que sopra sobre ela, de Ignácio de Loyola Brandão

Poesia e metalinguagem em A palavra algo, de Luci Collin

Sagarana: meandros de uma estreia

Boletim Letras 360º #328

Os mistérios de "Impressão, nascer do sol", de Claude Monet

Boletim Letras 360º #329

Sete escritoras italianas além de Elena Ferrante que você precisa conhecer