Preencha o formulário para participar da promoção. Se você não chegou aqui pelo Facebook, não deixe de findar sua inscrição cumprindo o restante do regulamento desta promoção.

Van Gogh interativo

Starry Night, de Vicent Van Gogh. O quadro hoje se encontra no Museu de Arte Moderna de Nova Yorque


Entre 1889 e 1890, Van Gogh esteve internado num asilo em Saint Rémy Provance. Durante esse período dedicou-se a pintar todas as paisagens da região. O período é rico na sua carreira porque agora está desvinculado do impressionismo e se desenvolve um estilo muito próprio. Foi então que concebeu A noite estrelada, obra pintada de memória e não através de uma visualização da paisagem a ser retratada. 

Agora, o artista grego Petros Vrellis criou uma visualização interativa através de um sintetizador que dá "vida" ao famoso quadro de Van Gogh. A simulação é simples, porém elegante, composta de fluidos que se formam suavemente quando o espectador toca na tela. Se o sentido de movimento antes era deduzido pela forma de disposição das cores, agora o mover-se faz-se real pela capacidade de deformação da imagem que pode ser alterada na movimentação do fluxo das partículas de tinta que compõem o quadro e seu retorno ao estado de origem. 

Abaixo veja o vídeo que apresenta uma peformance de A noite estrelada.




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Os segredos da Senhora Wilde

11 Livros que são quase pornografia

Os muitos Eliot

Uma entrevista raríssima com Cora Coralina

Além de Haruki Murakami. Onze romances da literatura japonesa que você precisa conhecer

Boletim Letras 360º #308

Boletim Letras 360º #309

As melhores leituras de 2018 na opinião dos leitores do Letras

A necessidade humana de expressão artística – parte I

Os melhores de 2018: prosa